fonte normal diminuir fonte aumentar fonte Acessibilidade

Endereço Postal

Avenida Roraima, 1000

Cidade Universitária

Bairro Camobi

Santa Maria - RS

97105-900

Contato

Biblioteca Central

Manoel Marques de Souza

"Conde de Porto Alegre"

Prédio 30

Fone: (55) 3220-8651

Perguntas Frequentes

 

Você tem alguma dúvida? Registre-a aqui para incluirmos a informação no site.

 

MDT

 

LOMBADA

 

O que fazer quando a lombada não comportar as inscrições impressas em função da pouca espessura?

A lombada é um elemento externo obrigatório e segue a NBR 12225 da ABNT. A recomendação é incluir na capa o texto escrito longitudinalmente e de forma legível do alto para o pé, no lado esquerdo próximo à lombada. Essa forma possibilita a leitura quando o material está deitado com a face voltada para cima e facilita sua identificação nas estantes. Ex.:

FOLHA DE APROVAÇÃO

 

A folha de aprovação inserida no trabalho deve ser a original, assinada pelo orientador e participantes da banca?

Sim, a folha de aprovação é um documento oficial e deve ser anexado ao trabalho impresso com todas as assinaturas. No caso do trabalho em formato digital, a folha a ser digitalizada  é, da mesma forma, a folha de aprovação assinada por todos.

 

PAGINAÇÃO

 

Como saber se numero o trabalho por folhas ou por páginas?

Página e folha não são sinônimos. Página é uma das faces da folha. Uma folha, consequentemente, tem duas páginas. No caso do uso de apenas uma face da folha, a contagem é por folha. No caso do uso das duas faces, a contagem é por páginas.


Verso, reverso ou costas são sinônimos, pois representam as costas de uma folha, em contraposição a anverso ou frente.

 

No caso específico dos trabalhos da MDT com menos de 100 folhas, numerar o trabalho por folhas. Para os trabalhos  com mais de 100 folhas, quando são usados o verso e anverso da folha, numerar por páginas.

 

Nos trabalhos com mais de 100 páginas, a contagem inicia desde a primeira página do trabalho (folha de rosto), mesmo sendo um elemento pré-textuail, em que é usado apenas um lado da folha. Conta-se então a página com o texto e o verso vazio, respectivamente página 1 e página 2.

 

Atentar que contar não é numerar. A contagem se dá a partir da folha de rosto, porém, a numeração das páginas inicia apenas na parte textual (Introdução). Aqui, outro detalhe deve ser ressaltado, as folhas iniciais dos capítulos e partes são contadas, mas não numeradas. Portanto, a numeração inicia na segunda página da Introdução/Apresentação.

 

Ficha Catalográfica

 

Qual o procedimento para solicitação da ficha catalográfica para teses e dissertações?

Para a elaboração automática da ficha catalográfica de teses e dissertações o(a) autor(a) preenche o formulário do Programa de Geração Automática de Ficha Catalográfica da Biblioteca Central da UFSM em http://cascavel.ufsm.br/ficha_catalografica/.

 

No caso das monografias e outros trabalhos acadêmicos, a ficha não é obrigatória e não faz parte dos serviços oferecidos pelas bibliotecas da UFSM.

 

Como incluir a ficha catalográfica na tese ou dissertação?

1) Abra o PDF que deseja usar como a base do arquivo combinado e escolha Documento > Inserir páginas.

2) Selecione o PDF que deseja inserir no documento de destino e clique em Selecionar.

3) Na caixa de diálogo "Inserir páginas", especifique onde deseja inserir o documento (antes ou depois da primeira ou última página, ou em uma página designada, do PDF aberto) e clique em OK.

4) Para deixar o PDF original intacto como um arquivo separado, escolha Salvar como e digite um novo nome para o PDF mesclado.

5) Também é possível adicionar um PDF existente em um PDF aberto no momento, arrastando o ícone da área de trabalho do PDF que deseja adicionar diretamente na posição no painel Páginas do PDF aberto.

 

Fonte: Adobe



UFSM: Avenida Roraima, 1000, Santa Maria, RS, 97105-900 Fone/Fax: (55) 3220-8000 - Desenvolvido por: CPD

Ir para o Site Antigo