Portal do Governo Brasileiro

Quatro professores da UFSM-CS são contemplados na Chamada Universal 2016 do CNPq

                 A Chamada Universal do Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq) tem como objetivo democratizar o fomento à pesquisa científica e tecnológica no Brasil, contemplando todas as áreas de conhecimento. Para isso, é concedido um apoio financeiro a projetos que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento destas pesquisas.

            Na edição de 2016, foram submetidas 21.640 propostas, uma demanda total de R$ 1 bilhão, números recordes na história do Universal. Dessas, 12.499 foram recomendadas. A aprovação final seguiu o total de recursos previstos em edital de R$ 200 milhões, sendo R$ 150 milhões do Fundo Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico (FNDCT) e R$ 50 milhões do CNPq.

            Entre os aprovados, estão quatro professores da UFSM - Campus Cachoeira do Sul.

            O projeto do Prof. Dr. Hilton Abílio Grudling, intitulado "Desenvolvimento de Técnicas de Acionamento para Máquinas de Relutância Variável Aplicadas a Sistemas de Geração de Energia", tem por objetivo o desenvolvimento de técnicas de controle para utilização de geradores síncronos de relutância variável em sistemas de geração a partir de fontes renováveis, em especial a utilização destes geradores em sistemas eólicos. Hilton Grudling é doutor em Engenharia Eletrônica e Computação pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica.

            O Prof. Dr. Jocenir Boita, doutor em Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), foi contemplado com o projeto que pretende sintetizar, caracterizar e aplicar nanomateriais monometálicos e bimetálicos, suportados e não suportados em resíduos na captação de gases nocivos como, SOx, NO e CO. As rotas hidrotérmicas envolvidas na obtenção dos nanomateriais permitirá o desenvolvimento de diferentes arranjos atômicos, sendo estes previamente caracterizados. Com essa pesquisa será possível melhorar e consequentemente aplicar os nanomateriais em diversas áreas da Catálise, observando seus efeitos de modo quantitativo e qualitativo. Os resultados adquiridos contribuirão para o depósito de pelo menos uma patente, seja no âmbito de aproveitamento de resíduos na área da Catálise ou via o desenvolvimento de novos materiais.

            O projeto de pesquisa “Avaliação das propriedades físicas e efeitos ecotoxicológicos e genotóxicos de solos em pastagem cultivada e nativa” é coordenado pela Profa Mariana Vieira Coronas, doutora em Ecologia pra Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Além da Profa Mariana, participam do projeto a professora da UFSM-CS, Viviane Dal-Souto Frescura, e pesquisadores da UFSM - Campus Frederico Westphalen, ICB-FURG e PPG Ecologia UFRGS. O projeto receberá auxílio financeiro para compra de equipamentos e despesas com as análises e uma bolsa de iniciação científica, destinada a aluno de graduação durante a vigência do projeto.

            Já a Profa. Dra. Minéia Johann Scherer, doutora em Arquitetura pelo Programa de Pesquisa e Pós-graduação em Arquitetura (PROPAR) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, realizará uma pesquisa da aplicabilidade e dos benefícios termo energéticos de duas ecotécnicas verdes, integradas na arquitetura: o uso das coberturas vivas e dos jardins verticais em edificações. Pretende-se estudar qual o grau de influência destas técnicas para melhorar o desempenho térmico das edificações e o quão podem contribuir para reduzir a necessidade de climatização artificial e por conseguinte o consumo de energia elétrica na edificação.

            Os recursos adquiridos através do Edital serão utilizados para compras de equipamentos e materiais de consumo para laboratórios da UFSM - Cachoeira do Sul, custear atividades de pesquisa, pagamento de bolsas, entre outras aquisições.

            Dessa forma, essas pesquisas, além de contribuir com o desenvolvimento cientifico, tecnológico e inovador, poderão abrir espaços para pesquisas futuras.