Portal do Governo Brasileiro

PROFESSORES E ALUNOS DO CURSO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA REALIZAM PESQUISA EM PARCERIA COM A EMBRAPA TRIGO DE PASSO FUNDO/RS

Com início no mês de abril deste ano, uma pesquisa conduzida na Fazenda Experimental da UERGS, na localidade de Três Vendas, busca estudar o efeito da época de semeadura de diferentes híbridos de canola sobre a produtividade da cultura. O objetivo do estudo é determinar qual a melhor época de semeadura e qual híbrido apresenta maior potencial produtivo para região de Cachoeira do Sul. Estão em experimentação 6 épocas de semeadura e 5 híbridos de canola.

A cultura da canola pode ser empregada de forma estratégica em sistemas de cultivo com rotação de culturas. Cultivada no período de inverso, a canola é matéria prima para produção de óleo, que pode ser utilizado na alimentação humana ou na produção de biocombustível. A torta resultante do processo de extração do óleo apresenta teor de proteína em torno de 35%, podendo ser empregada na alimentação animal. Uma tonelada de canola rende em média, 400 kg de óleo e 600 kg de torta, o que torna a cultura da canola, uma interessante fonte de renda nas propriedades rurais.

O trabalho é coordenado pelos professores do curso de Engenharia Agrícola Dr. Eduardo Leonel Bottega e Drª. Zanadra Boff de Oliveira, conta com a colaboração do Prof. Dr. Alberto Eduardo Knies, Coordenador do curso de Agronomia da UERGS, bem como de acadêmicos do mesmo curso. O estudo é conduzido em parceria com a Embrapa Trigo de Passo Fundo/RS, que forneceu o protocolo e as sementes dos híbridos semeados no campo. O pesquisador Dr. Gilberto Omar Tomm é o responsável pela disseminação deste tipo de pesquisa pelo Brasil.

Este trabalho é uma oportunidade para os acadêmicos iniciarem sua vivência na pesquisa, de forma a consolidar seus conhecimentos e continuar avançando no aprendizado, visando à construção de um profissional de excelência.

 

DSC 0039

 

 

DSC 0046

 

IMG 20170810 142613433