Portal do Governo Brasileiro

[ENTREVISTA] Conheça Cristina Wayne Nogueira, professora agraciada com o Prêmio Pesquisador Gaúcho da Fapergs 2017

Criado em 1977, o Prêmio Pesquisador Gaúcho da FAPERGS tem valorizado o trabalho de profissionais em diversos campos.

Com mais de quatro modalidades, o premiação para determinadas áreas ocorrem em anos específicos. Em anos pares, são indicados pesquisadores das áreas de Arquitetura, Urbanismo e Design; Engenharia; Física e Astronomia; Geociências; Matemática, Estatística e Computação; Química; Interdisciplinar.

Enquanto que profissionais de Artes e Letras; Ciências Agrárias; Ciências Biológicas; Ciências Humanas e Sociais; Ciências da Saúde; Economia e Administração; Educação e Psicologia são eleitos em anos impares.

Para a Profª Drª Cristina Wayne Nogueira, a indicação e conquista do titulo de Pesquisadora Destaque na área de Ciências Biológicas foi um dos grandes momentos de 2017.

O Núcleo de Divulgação CCNE conversou com a professora do Departamento de Bioquímica e Biologia Molecular da UFSM sobre a conquista do prêmio, sua trajetória docente e o sentimento desta conquista.

 

1) Como ficou sabendo que havia sido agraciada com o Prêmio Pesquisador Gaúcho da Fapergs 2017?

 

Cristina: Fiquei sabendo que havia sido agraciada com o prêmio por dois colegas (praticamente ao mesmo tempo). Um enviou um email contendo o print do site da FAPERGS com o resultado e o outro um whatsapp...com Parabéns!!

 

2) A qual (is) trabalho(s) você remete a conquista deste prêmio?

 

Cristina: Acredito que o prêmio reconhece a minha trajetória e não um trabalho em específico. É um reconhecimento ao conjunto da obra e não somente a mim, mas a todo o grupo de pesquisa. Ninguém faz ciência, sozinho. Nosso grupo é formado por mim, pelos Prof. João BT da Rocha e Gilson Zeni (ambos ganhadores de prêmios FAPERGS em 2016 (multidisciplinar) e 2012 (química), respectivamente) e inúmeros alunos de IC, mestrado, doutorado e pós-doutorado.

 

3) De que formas o Centro de Ciências Naturais e Exatas (CCNE) contribuiu em sua trajetória acadêmica, para que chegasse a este prêmio?

 

Cristina: O CCNE se caracteriza por ser um Centro que entende e reconhece o trabalho dos pesquisadores. Pois, considero que o apoio em termos de política e infra-estrutura é muito importante, para que os pesquisadores possam desempenhar o seu trabalho.

 

4) Do seu ponto de vista, qual é a importância de receber um prêmio como este?

 

Cristina: A importância esta no reconhecimento do nosso trabalho. Afinal, considero também que este prêmio divulga o nome da instituição no estado e no país.

Penso que outra questão relevante é que embora a carreira dos homens e das mulheres seja igual, isto é, não há diferença de salário nem de carreira, em termos de reconhecimento (premiações, indicações etc...) nas universidades, vejo que as mulheres são muito menos premiadas e/ou indicadas para associações e sociedades científicas. Então, este prêmio tem também esta função.

 

5) Como você acha que a conquista do Prêmio Pesquisador Gaúcho da Fapergs 2017 repercutir em sua carreira?

 

Cristina: A repercussão é em função do reconhecimento do nosso trabalho, e de possibilitar que o meu nome, representando o departamento, o Programa de Pós-graduação, o Centro e a nossa Instituição seja disseminado pelo estado e pelo país. Vejo também como uma forma de divulgar o que a gente faz dentro da Universidade. Com a premiação, os meios de comunicação se aproximam, e isto dá visibilidade ao nosso trabalho.

 

6) O que você gostaria de dizer a todos que torceram por você e tem lhe apoiado em sua trajetória acadêmica?

 

Cristina: Obviamente, agradecer a UFSM, a instituição como um todo. Instituição na qual me graduei e tenho alegria de fazer parte da sua história por se docente há mais de 20 anos.

Destacaria a pró-reitoria de Pós-graduação e Pesquisa, que fez a indicação do meu nome para este Prêmio e que faz um trabalho sério e comprometido, para que os pesquisadores desta instituição possam realizar os seus trabalhos.

Um agradecimento aos componentes do grupo de pesquisa "Laboratório de Síntese, Reatividade, Avaliação Toxicológica e Farmacológica de Organocalcogênios", e a todos os meus orientados ao longo destes anos.

A minha filha e a minha família que são a base, o esteio, da minha vida.

 

A cerimônia de entrega do Prêmio Pesquisador Gaúcho da FAPERGS 2017 acontece no dia 5 de outubro, às 20h30min, no Salão de Convenções da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul – FIERGS.

Fotos e texto: Arianne Teixeira de Lima

 

Profª Cristina Wayne Nogueira

 

 

Profª Cristina e integrantes de GP no Laboratório de SínteseReatividadeAvaliação Toxicológica e Farmacológica de Organocalcogênios (UFSM)