Através do Projeto de Extensão “De terra seus corpos”, coordenado pela professora Mônica Corrêa de Borba Barboza, do Curso de Dança – Licenciatura, a UFSM fez um convênio com a Prefeitura de São Miguel das Missões para a realização do espetáculo Som e Luz em Corpos.

Com coreografia e direção artística dos professores Mônica Borba e Crystian Castro, e direção geral do professor Odailso Berté, o espetáculo Som e Luz em Corpos consiste na coreografia para a música e o texto do tradicional espetáculo de Som e Luz apresentado diariamente no Sítio Arqueológico de São Miguel Arcanjo.

Criado no ano de 2005 pelo professor Berté, o Som e Luz em Corpos revive a saga dos Guaranis e Jesuítas para defender os Sete Povos das Missões dos colonizadores portugueses e espanhóis. Com bailarinos dançando no cenário natural onde a história aconteceu, o espetáculo dá vida a personagens como as Ruínas, a Terra, o herói Sepé Tiarajú, os jesuítas, os colonizadores e os bravos índios e índias Guarani.

Em torno do processo criativo do espetáculo Som e Luz em Corpos acontecem atividades pedagógicas, de pesquisa e extensão junto a alguns  estudantes indígenas Kaingangs e Guaranis da UFSM e também com a comunidade Guarani de São Miguel das Missões. Com encontros de formação, convivência e oficinas de danças indígenas, o processo criativo do espetáculo vai sendo nutrido com elementos culturais provindos desses diferentes grupos. Para o ano de 2019 o projeto visa ampliar o elenco do espetáculo com a participação dos estudantes indígenas da UFSM e de São Miguel das Missões.

O Som e Luz em Corpos é uma produção do Laboratório Investigativo de Criações Contemporâneas em Dança (LICCDA), e uma realização da UFSM através do Curso de Dança – Licenciatura, Centro de Educação Física, Pró-Reitoria de Extensão, da Prefeitura Municipal de São Miguel, através da Secretaria de Turismo, e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), e conta com o apoio da Associação dos Amigos das Missões.

A temporada 2018 de apresentações será nos dias 20, 21, 22, 27, 28 e 29 de dezembro no Sítio Arqueológico de São Miguel Arcanjo, em São Miguel das Missões – RS.

 

Texto: Prof. Odailso Berté