A intervenção de dança “FeridaCalo”, do grupo doLaboratório Investigativo de Criações Contemporâneas em Dança (LICCDA), do curso de Dança licenciatura, terá sua estreia na terça-feira (6), às 20h30min, na esplanada da Biblioteca Central da UFSM. Já no dia 13, a apresentação será às 20h30min, no Museu de Arte de Santa Maria (Masm). A entrada é franca.

Coordenado pelo professor Odailso Berté, desde o ano de 2014 o grupo vem desenvolvendo pesquisas e experimentações artísticas com imagens referentes à vida e obras da pintora mexicana Frida Kahlo (1907-1954).

Os primeiros experimentos criativos que resultaram dessas investigações foram “Me Kahlo... Sashay Away” (2015) e a intervenção “Me Kahlo” (2015), apresentados em teatros e locais como shoppings, praças, escolas e na rodoviária. Depois de viagens ao México, para conhecer de perto o local onde a pintora viveu, realizou sua arte e morreu, agora o Grupo LICCDA está em vias de finalização do trabalho que culminará a pesquisa artística em torno de Frida Kahlo: a intervenção de dança “FeridaCalo”.

Junto da pesquisa de movimento pautada no método da Dança Contempop (cruzamento de dança contemporânea e cultura pop), a criação do figurino, assinada pelo estilista e doutor em Moda João Dalla Rosa Júnior, do Rio de Janeiro, dialoga de modo íntimo com a dança estruturando uma dramaturgia ousada, metafórica e contemporânea. As cenas não contam uma historinha linear, mas sugerem imagens provocativas no intuito despertar questões e diferentes formas de interpretação.

“FeridaCalo” é um trabalho artístico que aprofunda as percepções e afetos dos dançarinos acerca das imagens da pintora. Este trabalho artístico não busca representar, imitar ou encenar as imagens de Frida Kahlo, mas realizar essas imagens de outras formas, por meio de um conjunto de movimentos metafóricos. “FeridaCalo” sugere elementos estéticos que possibilitam reflexões sobre corpo, gênero e relações entre arte e política, interpretando Frida Kahlo – artista, professora e militante de causas populares – como um ícone feminino latino-americano.

“FeridaCalo” conta com o apoio do Masm e de diversos setores da UFSM, como a Biblioteca Central, a Pró-Reitoria de Extensão, a Editora da UFSM, a TV Campus, o Centro de Educação Física e o Curso de Dança licenciatura.

Em caso de chuva, a apresentação do dia 6 será no auditório do Complexo Didático e Artístico (CDA), no prédio anexo ao CEFD.

feridacalo