Doneide (D) e Andrea (E) foram as primeiras usuárias do UMAbike

Ao deslocar-se da Reitoria ao prédio 74, hoje pela manhã, as servidoras Doneide Kaufmann Grassi e Andréa Severo tiveram uma experiência diferente. Em vez de irem caminhando ao local onde frequentam as aulas do mestrado em Gestão de Organizações Públicas, como costumam fazer todas as quintas-feiras, elas escolheram pedalar. Doneide e Andréa foram as primeiras usuárias do projeto UMAbike.

Apresentado ontem (10) aos diretores de unidades acadêmicas, o UMAbike entrou em funcionamento em caráter experimental, visando melhorar a mobilidade interna no campus. No total, 50 bicicletas foram disponibilizadas aos diretores, que, a partir de agora, poderão solicitar as bikes para suas unidades.

Parte de uma iniciativa ampliada, o projeto Universidade Meio Ambiente (UMA), as bicicletas foram batizadas de UMAbike. A campanha de divulgação, criada pela Facos Agência, buscou associar os conceitos de sustentabilidade à experiência de pedalar pelo campus, adotando como mote o slogan “o melhor é o trajeto”. O objetivo, de acordo com os estudantes que participaram da criação da campanha, é promover uma mudança cultural, incentivando o uso da bicicleta como meio de transporte ao mesmo tempo em que valoriza o ambiente do campus. Foi exatamente o que Doneide e Andréa experimentaram na manhã de hoje: as colegas divertiram-se durante o deslocamento e aprovaram a ideia.

Para o reitor, professor Paulo Afonso Burmann, o projeto UMAbike vai ao encontro de uma série de ações que já vêm sendo desenvolvidas pela UFSM no sentido de promover a cultura da sustentabilidade no campus, ao mesmo tempo em que contribui para a melhoria da qualidade de vida de estudantes e servidores que circulam pela universidade diariamente. “As bicicletas representam uma alternativa de mobilidade interna no campus que alia a consciência com o meio ambiente à prática de atividades físicas”, observa Burmann.

UMAbike

Funcionamento – Cada unidade universitária ficará responsável pelo gerenciamento de até três bicicletas, inclusive os demais campi da UFSM. O prédio da Reitoria foi o primeiro a disponibilizar as bikes ao público.

As bicicletas podem ser utilizadas por estudantes, docentes e técnicos-administrativos da UFSM, para circulação interna no campus. A retirada deve ser feita junto às portarias das unidades acadêmicas, mediante a apresentação do número de matrícula ou SIAPE e documento de identidade com foto. Cada usuário do UMAbike pode utilizar as bicicletas por até duas horas consecutivas.

Por ora, as bicicletas devem de retiradas e devolvidas no mesmo local. O objetivo, contudo, é que em breve seja empregado um sistema automatizado, facilitado o processo de empréstimos bem como o controle patrimonial. Adquiridas em meados de 2016, as bicicletas são da marca Caloi Montana, de cor preta, com 21 marchas e aro 26. O investimento total foi de R$ 33.460,00.

Pista Multiuso - A disponibilização das bicicletas se dá poucos dias antes da inauguração oficial da primeira fase da Pista Multiuso, agendada para o dia 25 deste mês. Também vinculada ao UMA, a pista tem, hoje, três quilômetros de extensão, indo desde o arco de acesso à UFSM até o bosque, em frente ao prédio da Reitoria. Projetada com o objetivo de melhorar a circulação de estudantes e servidores da Universidade, bem como servir como espaço de lazer e para prática de esportes, a estrutura será ampliada nos próximos anos, totalizando oito quilômetros. 

Com informações da Assessoria de Comunicação do Gabinete do Reitor

Fotos: Mirian Quadros e João Ricardo Gazzaneo