UMA AGRICULTURA ALTERNATIVA OU UM CAPITALISMO VERDE?

As discussões acerca da agricultura alternativa devem considerar como ponto de partida a idéia de que a destruição dos recursos naturais, a geração de milhares de bóias-frias e o uso de ingredientes nocivos à saúde da população para “saciar a ganância” por maiores lucros são apenas ilustrações da contribuição mais geral do sistema capitalista, onde a produção constitui um ato social por excelência, enquanto a apropriação dos meios de produção e dos resultados dessa produção social são privados. Assim, não se pode fazer a crítica isolada das tecnologias, mesmo porque elas são métodos e processos de organização da produção adequados ao sistema capitalista no qual se inserem.

José Graziano da Silva


Principal | A revista PORT/ESP | Autores | Catálogo | Próximas edições | Como comprar |
Como publicar PORT/ESP | Livro de visitas | Equipe | Contato | UFSM
© 2002-2020 Ciência&Ambiente — Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Pierin.com