O PROCESSO DE PRODUÇÃO AGRÍCOLA E A PRESERVAÇÃO DOS ECOSSISTEMAS

A atividade agrícola, desde o Neolítico, tem-se constituído na arte e na maneira de explorar as plantas e os animais domésticos. Ou, em outras palavras, na arte de artificializar o meio para produzir, escolher, melhorar e explorar as espécies vegetais e animais. Esta artificialização, em dado momento e em dado lugar, assume características próprias que guardam estreita relação com o meio natural, os instrumentos com que ela se realiza e as necessidades sociais da população. Na realidade, aí estão representados os grandes dilemas da agricultura moderna em busca da sustentabilidade: os cuidados com a base natural de produção, a forma com que se organiza o processo produtivo, os beneficiários deste processo e a adequação do suporte científico e tecnológico gerado.

Pedro Selvino Neumann


Principal | A revista PORT/ESP | Autores | Catálogo | Próximas edições | Como comprar |
Como publicar PORT/ESP | Livro de visitas | Equipe | Contato | UFSM
© 2002-2020 Ciência&Ambiente — Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Pierin.com