Tilt3.gif

A inclinação do eixo (da terra) é a razão para as estações.

CIÊNCIA & SOCIEDADE

        

Um dos pressupostos básicos da Ciência é que o mundo a nossa volta pode ser entendido pelo uso da razão. Assim, confrontando nossas idéias, teorias e explicações com o mundo a nossa volta, vamos descartando as hipóteses que não se ajustam ao que os nossos sentidos (cada vez  mais aguçados por instrumentos  mais precisos) nos “mostram” sobre o que nos cerca. Desta forma vamos abandonando as teorias erradas e ficando com as que “temporariamente” melhor explicam o que “vemos”.

Portanto, para fazer ciência, além de formular hipóteses temos de por a prova contra um mundo que podemos acessar pelos sentidos que se tornam cada vez mais aguçados, graças aos novos equipamentos e metodologias.

Uma implicação do entendimento racional do mundo a nossa volta é que o melhor entendimento possibilita o “uso” do mundo de forma a atender nossos interesses. Podemos  desenvolver estratégias e produtos que nos “facilitem a vida”. Surgem então as TECNOLOGIAS.

 A Ciência é a base de toda a tecnologia que permite que sejamos 7 bilhões de habitantes na terra. Vivemos um momento delicado de super exploração dos recursos naturais, de mudanças climáticas... Mas em nenhum momento da história da civilização humana tivemos uma expectativa de vida tão alta e tantas facilidades.

         Mas se a Ciência e a Tecnologia são muito importantes no nosso dia-a-dia, a maior parte de nossa população  é praticamente ANALFABETA dos principais conceitos científicos. 

         Nosso segundo tema gerador Ciência, Tecnologia & Sociedade.  Discutiremos em primeiro lugar o papel da Ciência na sociedade moderna.      

coisa.jpg           Ciência; Tecnologia & Sociedade.   

 

                               Primeiramente você deve ler o seguinte texto:  PDF DISPONÍVEL AQUI

                Com base no texto que você leu, responda as seguinte perguntas?

- O que é alfabetização científica? Qual a importância da alfabetização científica?

         -Por que alguns pesquisadores do ensino de ciências pregam que não há como ser alfabetizado cientificamente, ou ainda que isto não tem importância?

         - Em que a epistemologia de Feyerabend aporta para a discussão da relação Ciência e Sociedade.

         - Qual sua interpretação sobre a possibilidade ou importância da alfabetização científica?

                            Para ler mais sobre a contribuição dos POS-MODERNISTAS e as críticas a suas idéias leia o INTERESSANTE texto sobre a contribuição da epistemologia de Mario Bunge para o ensino de ciências: PDF DISPONÍVEL AQUI.

                            Se você tem curiosidade para saber a opinião do professor sobre este tema, leia o seguinte texto:  PDF AQUI.                 

                                                              

                 O outro texto de leitura obrigatória é este: PDF AQUI 

                               Faça uma resenha com as principais idéia dos autores.

 

 

thruth.jpg             Racionalismo X Irracionalismo e Pseudociências.

 

                               Apesar da importância da Ciência em nossa sociedade moderna, estamos longe de viver na IDADE DA RAZÃO. Ao contrário, vemos cada vez  mais o irracionalismo o misticismo e as pseudociências ganharem espaço.  Se esta é uma opção pessoal do cidadão, baseado em sua analise de mundo, tudo bem. Vivemos em uma sociedade democrática! Mas muitas vezes, esta “opção” é fruto da ausência de informação, do não entender conceitos básicos. Da “mais pura ignorância”. Neste caso, podemos dizer que a escola está falhando, pois não está dando ao cidadão os componentes básicos de uma alfabetização científica para que possa fazer uma leitura racional do mundo.

Na internet existem muitos sites e materiais discutindo o racionalismo. Alguns blogs são bem divertidos. Listo alguns abaixo.

Site do projeto Ockham   (Você sabe o que é a navalha de Ockhan?)  Este site tem por objetivo discutir a racionalidade X irracionalidade e o misticismos. Além disso, tem vários fóruns de discussão de Pseudociências e outros temas interessantes. 

                      http://www.projetoockham.org/div_ockham.html

 

A discussão de alguns  temas como numerologia, astrologia, tarô, Nostradamus, pode ser acessados no site: http://www.adorofisica.com.br/trabalhos/ciencia_e_ps/previsoes1.html

 

Existem vários grupos que “militam” tentando divulgar a necessidade da racionalidade no mundo contemporâneo e o desenvolvimento do espírito crítico. Um bom exemplo é o de um grupo de professores e alunos da UFRGS chamado Ácido Cético. Eles mantêm um blog bem divertido (mas sério):  http://coletivoacidocetico.blogspot.com/

                   

Nem tudo que parece, é!

Ciência ou Pseudociências?  Decida você mesmo! Olhar  o site e chegue a suas próprias conclusões.

 http://www.iipc.org/sobre/quemsomos.php

 

Olhem que interessante. Abra a página da universidade abaixo:

http://www.unibem.br/livres/index.htm

Observem que eles oferecem vários cursos.  Alguns são “curso superior”.   Por que o de PARAPSICOLOGIA  é  um curso livre e eles avisam que não é um curso superior.

Como você explica isto?

 

Toda a revista que se diz “Científica” é realmente uma revista científica?

Olhem o seguinte site: http://www.revistacriacionista.com.br/

Esta é uma revista científica?   Procure por ela no Scielo. Por que não encontramos lá?

 

                            Uma pequena lista:

Criacionismo, design inteligente, homeopatia, florais de Back, cristaloterapia, parapsicologia, quiromancia, astrologia, urinoterapia, numerologia, conscienciologia, ontopsicologia, medicina ortomolecular...  A lista é grande, muito grande. São as pseudociências. Arremedo de ciência que usa da ignorância das pessoas para, geralmente, lucrar financeiramente. Algumas não. São dogmas de fé travestidas de ciência. Seus praticantes acreditam mesmo no que pregam. Mas o que caracteriza estas pseudociências é o fato dos seus praticantes abandonarem o racionalismo para buscar explicações para o mundo.

         Devemos ser complacentes com isto? São realmente inócuas estas “crenças”. Muitas não. E quando usam da ignorância alheia para se fins lucrativos e não nobres, falha a sociedade organizada que não alfabetiza seus cidadões para poder se defender destas empreitadas do irracionalismo.