Meteorologia por definição

A Meteorologia é a ciência que estuda os processos físicos que governam o comportamento da atmosfera e as interações entre os fenômenos atmosféricos e a superfície da Terra. O objetivo principal da Meteorologia é explorar o conhecimento a respeito dos fenômenos atmosféricos e aplicá-lo para a previsão de tempo e clima. Para isto a Meteorologia emprega as equações clássicas da Física e ferramentas matemáticas e computacionais para representar de uma maneira objetiva a estrutura e o movimento da atmosfera.

As principais disciplinas da Meteorologia são: Dinâmica da Atmosfera, Termodinâmica da Atmosfera, Física do Clima, Climatologia e Meio Ambiente, Química da Atmosfera, Previsão do Tempo, Computação Aplicada à Meteorologia, Agrometeorologia, Interação Superfície-Atmosfera, Sistemas de Observação Meteorológica e Hidrometeorologia.

Aplicação

A Meteorologia é uma ciência bastante aplicada. Diversos setores importantes das atividades humanas necessitam das informações sobre o tempo e o clima, podendo-se citar: defesa civil; agricultura; aviação e navegação (civil e militar); setor energético e de gerenciamento de recursos hídricos; estudos de impacto ambiental e controle de poluentes; planejamento comercial e econômico; setor de seguros; e apoio à organização de atividades de turismo, esporte e de espetáculos. Além disto, as pesquisas científicas realizadas em Meteorologia são de grande valor para a sociedade tanto no que diz respeito à redução dos desastres naturais de origem atmosférica quanto no planejamento ambiental e sócio-econômico a curto, médio e longo prazos.

Perfil do formando

  • Sólida formação matemática e física que possibilite ao egresso desenvolver pesquisa básica de ponta em ciências atmosféricas;
  • Conhecimento amplo das interações do homem com o meio ambiente, que o permita gerenciar os recursos naturais de forma responsável e promover o desenvolvimento sustentável;
  • Sólida formação em áreas da Meteorologia aplicada: previsão de tempo, agrometeorologia, hidrometeorologia, poluição atmosférica.
  • Entendimento profundo dos processos de interação entre os diferentes elementos do sistema climático, de modo a entender, predizer e modelar alterações climáticas naturais e antropogênicas.

Áreas de Atuação

Do ponto de vista legal, a profissão de Meteorologista no Brasil foi regulamentada pela Lei Federal No 6835, de 14 de outubro de 1980. O texto da lei atribui-lhe as seguintes responsabilidades:

  1. dirigir órgãos e serviços de Meteorologia em entidade pública e privada;
  2. pesquisar, planejar e dirigir a aplicação da Meteorologia nos diversos campos de sua utilização;
  3. julgar e decidir sobre tarefas científicas e operacionais de Meteorologia;
  4. executar previsões meteorológicas;
  5. dirigir, orientar, e controlar projetos científicos em meteorologia;
  6. criar, renovar, desenvolver e introduzir técnicas, métodos e instrumental em trabalhos de meteorologia;
  7. pesquisar e avaliar recursos naturais da atmosfera;
  8. avaliar modificações artificiais nas características do tempo.
Produzido por Leandro de Almeida Rodrigues