Microextrações e cromatografia líquida capilar: miniaturização para a análise de amostras complexas

Prof. Dr. Álvaro J. Santos Neto

Universidade de São Paulo, Instituto de Química de São Carlos

 

Local: Sala 2026, Prédio 18

Data: Quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Horas: 10h00

 

Prof. Álvaro J. Santos Neto é formado em Farmácia com doutorado em Ciências (Química Analítica) pelo Instituto de Química de São Carlos - Universidade de São Paulo (IQSC-USP) com estágio sanduíche na Universidade de Uppsala, Suécia e pós-doutorado pela USP-IQSC. Atualmente é docente da USP-IQSC atuando na área de Cromatografia e Técnicas Relacionadas, com ênfase no Desenvolvimento e Utilização de Estratégias Modernas para o Preparo e Análise de Amostras Ambientais, Biológicas, Farmacêuticas, e de Alimentos contendo Fármacos, Toxicantes e seus Produtos de Degradação/Transformação.

 

Resumo:

Diversas aplicações podem requerer o uso de algum tipo de extração como etapa de preparo de amostra. Alguns exemplos são o preparo de amostras de fluidos biológicos, assim como aplicações em amostras ambientais tais como efluentes industriais, águas residuárias, águas superficiais, e águas de consumo e abastecimento, entre outras. Dadas as suas características, as diversas formas de extração em fase sólida miniaturizadas (µSPE) são bastante compatíveis com a cromatografia líquida de alta eficiência em escala capilar (cLC), possibilitando o acoplamento sequencial entre ambas. Nesse contexto, a utilização da µSPE tem como objetivos principais a extração dos compostos de interesse presentes na matriz, por meio de ampla possibilidade de escolha de materiais seletivos; além de oferecer a pré-concentração dos analitos aos níveis detectáveis de interesse. Para atingir esses objetivos em um acoplamento sequencial, existem diversas possibilidade da integração, inclusive a configuração totalmente online desde o preparo da amostra até a separação cromatográfica e detecção dos analitos. Essa abordagem automatizada de µSPE-cLC online enquadra-se aos preceitos da Química Verde que preconizam a exploração de uma vertente miniaturizada para o preparo de amostras e análise. Dentro desse contexto, será apresentado o potencial da miniaturização da SPE online, com a utilização de microcolunas extratoras seguidas do acoplamento à HPLC em escala capilar, bem como outras formar de miniaturização do preparo de amostras e suas aplicações a amostras complexas ambientais e de fluidos biológicos.

loader

Social Media