Título: Organocatálise na funcionalização de ligações C-H inertes*
Aluno: João Cândido Pilar Mayer
Área de concentração: Química Orgânica
Data e hora: Segunda-feira, 24 de abril de 2017, 14:00 h
Local: Sala 2103 - Prédio 15A (NAPO)

Os seminários estão abertos ao público.

            Considera-se a organocatálise um ramo bastante atrativo em química sintética. Catalisadores orgânicos têm sido empregados, dentre outros fins, para a funcionalização direta de ligações C-H consideradas inertes, como em alcanos ou carbonos sp3 beta-carbonílicos, oferecendo uma rota econômica para a síntese de uma grande variedade de moléculas funcionalizadas, reduzindo ou dispensando a utilização de catalisadores metálicos. Como exemplo, aminas podem ser utilizadas como substratos e a ligação C-H alfa-amino pode ser funcionalizada pela utilização de agentes oxidantes na presença de catalisadores orgânicos e de espécies nucleofílicas. Ácidos de Brønsted orgânicos também são utilizados como catalisadores. Ao se funcionalizar ligações C-H de cabonos sp3 beta-carbonílicos, catalisadores como aminas e carbenos N-heterocíclicos também são efetivos, sendo em geral empregadas condições oxidantes brandas. De grande importância também é a funcionalização de alcanos organocatalisada, seja por oxidação catalítica ou por geradores de radicais, a qual possibilita a obtenção de derivados funcionalizados a partir de espécies que não são reativas em condições normalmente empregadas em laboratório. 

*Qin, Y. Chem. Rev. 2017. 10.1021/acs.chemrev.6b00657.

loader

Social Media