Título: Desenvolvimentos recentes e tendências da espectrometria de massa para análise de ingredientes à base de plantas*
Aluno: Rômulo de Oliveira Schwaickhardt
Área de concentração: Química Analítica
Data e hora: Segunda-feira, 4 de setembro de 2017, 13:30 h
Local: Sala 2103 - Prédio 15A (NAPO)

Os seminários estão abertos ao público.

As plantas são utilizadas há milhares de anos como forma de tratamento para as mais diversas doenças e atualmente ainda são a principal fonte de tratamentos em países em desenvolvimento. A efetividade no tratamento de doenças faz com que, cada vez mais, pesquisadores olhem para as plantas como fonte de novas moléculas. Compostos como alcalóides, antraciclinas, flavonóides, são utilizados nos tratamentos das mais diversas doenças como problemas cardiovasculares, insônia, câncer, entre outros. Devido à complexidade dos constituintes das plantas, técnicas como a espectrometria de massas (MS) são amplamente utilizadas no reconhecimento de moléculas alvo devido à sua sensibilidade e rapidez de detecção. Além disso, possibilitam obter informações estruturais sobre os compostos encontrados. O emprego deste tipo de técnica em conjunto com outras técnicas de separação como a cromatografia facilitou o estudo para identificar e separar compostos já conhecidos, assim como a elucidação estrutural de novas moléculas. A utilização desta técnica in vivo também está auxiliando na identificação dos metabólitos após sua ingestão no organismo, fazendo com que se conheçam as rotas de degradação pelas vias metabólicas.

*Trends in Analytical Chemistry, 2017, Advance Article; DOI: 10.1016/j.trac.2017.07.007.

loader

Social Media