Portal do Governo Brasileiro

COPLAI

Apresentação

A Coordenadoria de Planejamento e Avaliação Institucional (COPLAI) desenvolve atividades ligadas aos processos de Avaliação Institucional e Regulação, sendo parte integrante da estrutura organizacional da Pró-Reitoria de Planejamento (PROPLAN).

As atividades que desenvolve encontram amparo legal na Lei Nº 10.861, de 14 de abril de 2004, na Portaria Nº 46, de 10 de Janeiro de 2005, no Decreto Lei Nº 5773, de 09 de maio de 2006, na Portaria Normativa Nº 23, de 1º de dezembro de 2010 e na Portaria Normativa Nº 40, de 12 de dezembro de 2007, tendo como intuito a implementação e o apoio à dinâmica de funcionamento dos processos de planejamento, autoavaliação e avaliação externa (regulação) da UFSM.

A COPLAI tem como missão: “Promover e apoiar a Comissão Própria de Avaliação (CPA) /UFSM na realização da avaliação periódica das atividades desenvolvidas na Universidade, bem como cumprir o processo regulatório proposto pelo Ministério da Educação (MEC), apoiando na realização de diagnóstico propositivo e socializando os resultados a fim de subsidiar o planejamento e a tomada de decisão para a melhoria da qualidade institucional”.

 

Atividades

 

Quanto ao processo de Avaliação Institucional:

  1. Assessorar os cursos em seu processo de acreditação internacional, no que se referem a informações, prazos e resultados;.
  2. Registrar e manter atualizadas as informações sobre o Representante Legal (RL), Mantenedora e Mantida; Corpo Docente e Tutor; e Procurador Educacional Institucional (PI) e Auxiliar Institucional (AI);
  3. Abrir e acompanhar os fluxos dos processos de Avaliação das Instituições (credenciamento e recredenciamento da IES) e das Avaliações de Cursos de Graduação (autorização, reconhecimento e renovação de conhecimento);
  4. Manter atualizados os registros dos Projetos Pedagógicos dos Cursos de Graduação, o cadastro dos Cursos e dos Coordenadores e os membros da Comissão Própria de Avaliação – CPA/UFSM; e
  5. Assessorar a Comissão de Avaliação Externa designada pelo MEC para tratar de assuntos referentes ao recredenciamento da Instituição (UFSM).

Além de atividades ligadas à autoavaliação institucional, a COPLAI também é responsável pelo processo de Regulação na Instituição, que é destinado a inserir as informações nos sistemas e-MEC, ARCU-SUL, ENADE e Censo Superior, com as seguintes atribuições: 

  1. Atuar como facilitadora e apoiadora dos meios de viabilização do processo de planejamento e avaliação interna da Instituição.
  2. Sistematizar e prestar, em consonância com a CPA/UFSM, informações solicitadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – INEP, de acordo com art. 11, da Lei n. 10.861, de 14 de abril de 2004.
  3. Propor a metodologia do processo de planejamento estratégico organizacional.
  4. Assessorar a CPA/UFSM na proposição da metodologia do processo de avaliação institucional.
  5. Assessorar a CPA/UFSM na elaboração do relatório parcial e final da avaliação institucional, bem como dos resultados do processo de referida avaliação.
  6. Assessorar a CPA/UFSM na constituição de grupos de trabalho ou núcleos temáticos.
  7. Assessorar a CPA/UFSM na formulação de propostas de melhorias e desenvolvimento para a Instituição baseadas nas análises do processo de avaliação institucional.
  8. Assessorar na elaboração do Plano de Desenvolvimento Institucional – PDI.
  9. A implementação, em consonância com a CPA/UFSM, do projeto de auto-avaliação, utilizando e/ou desenvolvendo, sempre que possível sistemas e instrumentos informatizados para a coleta e análise de dados. 
  10. Quando da coleta de dados, serão utilizados instrumentos e procedimentos operacionais que garantam o anonimato das informações coletadas e a fidedignidade dos dados coligidos assegurando-se a confiabilidade no tratamento científico e estatístico a que são submetidos.

O Coordenador da COPLAI é nomeado pelo Reitor e incumbe as seguintes atribuições: 

  1. Adotar as medidas necessárias para executar o projeto de autoavaliação elaborado e aprovado pela CPA/UFSM.
  2. Manter, permanentemente, ações de sensibilização da comunidade universitária para as práticas envolvidas na autoavaliação institucional como processo formativo.
  3. Propiciar na UFSM uma cultura que qualifica o planejamento e a avaliação como um espaço de reflexão e discussão, servindo como impulsionadora de melhoria nas atividades fins, conforme a realidade estrutural e conjuntural da UFSM, da região e do País, respeitando o Plano de Desenvolvimento Institucional.
  4. Convocar e nomear, sempre que necessário, grupos de trabalho para assessoramento em áreas específicas para solução de problemas pontuais.
  5. Auxiliar no processo de sensibilização e análise de resultados do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes – ENADE.
  6. Organizar e disponibilizar ao MEC toda a documentação necessária para os processos de renovação de credenciamento institucional, reconhecimento e renovação de reconhecimento de cursos de graduação.
  7. Sugerir, partindo do resultado das avaliações, ações de melhoria da qualidade das atividades fins da UFSM, de natureza administrativa, pedagógica e técnico-científica, a serem implementadas a critério da instituição.

 

 

 

Ações 2014

 

No processo de Autoavaliação Institucional:

1. Edição da nova Portaria da CPA (Portaria Nº 69.860 de 19 de março de 2014);

2. Assessoramento à CPA no estabelecimento dos Grupos de Trabalho (GTs) e desenvolvimento das temáticas no processo de autoavaliação na UFSM;

3. Assessoramento à CPA em suas reuniões ordinárias e extraordinárias no decorrer do ano;

4. Assessoramento às Comissões Setoriais de Avaliação (CSA) na elaboração dos seus Planos de Ação;

5. Elaboração do Relatório de Autoavaliação 2013;

6. Participação em reuniões, mediante convocação pela CSA, com as Comissões Externas de Avaliação, designadas pelo INEP, dos cursos de graduação nos ensinos presencial e a distância;

7. Estabelecimento do recurso destinado para Autoavaliação no ano de 2014, a ser distribuído de forma equitativa às 15 unidades, sendo elas: CAL, CCNE, CCR, CCS, CCSH, CE, CT, CEFD, CESNORS, UDESSM, CTISM, CAFW, POLITÉCNICO, HUSM e NTE. O valor destinado para o ano de 2014 apresentou um aumento de 7% sobre o valor que fora destinado para 2013. O valor total do recurso será de R$ 1.443.000,00, sendo destinado R$18.000,00 para a CPA e R$ 95.000,00 para cada Comissão Setorial de Avaliação;

8. Assessoria ao GT2 na elaboração do novo Regimento Interno da CPA; Este já encontra-se encaminhado ao CONSU, sob o Processo Nº 23081.016473/2014-85;

9. Assessoria ao GT3 na revisão, atualização e otimização dos instrumentos de autoavaliação institucional que serão utilizados em consulta à ocorrer a partir da segunda quinzena de outubro de 2014;

10. Elaboração da exposição de motivos que trata acerca da reestruturação da COPLAI, tornando-a mais adequada às necessidades demandadas pelo INEP/MEC;

11. Desenvolvimento de todo o processo de Autoavaliação Institucional na UFSM que ocorrerá entre os dias 20 de outubro e 23 de novembro de 2014, cujas ações foram: chamamento de reuniões ordinárias e extraordinárias à CPA, com o intuito de organizar a campanha de autoavaliação; solicitação junto a FACOS da campanha que projetará a autoavaliação na Instituição (banner web, banner, faixa, cartaz, pasta, bloco de notas, marcador de página e camisetas); lançamento das questões de autoavaliação no Sistema de Questionários da UFSM; distribuição dos materias da campanha de autoavaliação às CSA; entre outras ações.

12. Organização do III Seminário de Autoavaliação Institucional – 2014 e 3º Workshop dos Resultados da Autoavaliação da UFSM, a ser realizado no dia 20 de outubro de 2014, com a presença da Profª Drª Cláudia Maffini Griboski, Diretora de Avaliação da Educação Superior. Baixe a programação do evento, clicando ao lado 

No processo de Regulação


1. Maior celeridade na comunicação entre PI e coordenadores, no que se refere às informações sobre processos e procedimentos de regulação;
2. Abertura do Processo de Autorização do Curso de Bacharelado Interdisciplinar em Ciências e Humanidades - Ênfase em Gestão Sustentável
3. Abertura de 4 novos processos de Reconhecimento de Curso (Processos Químicos; Música Oboé; Programa Especial Formação de Professores para Educação Profissional – EAD; e Administração – UDESSM ) e de Renovação de Reconhecimento de Cursos (Direito Diurno, Direito Noturno, Arquivologia, Gestão de Turismo, Comunicação Social- Relações Públicas, Gestão de Cooperativas, Comunicação Social – Relações Públicas Ênfase em Multimídia – Frederico Westphalen);
4. Censo Superior da Educação, com acompanhamento aos auditores do MEC entre os dias 31/03 e 03/04 de 2014;
5. Participação em reunião com a Comissão de Acreditação Arcu-Sul do Curso de Enfermagem;
6. Participação em reunião com a Comissão de Acreditação Arcu-Sul do curso de Odontologia;
7. Processo de Acreditação Arcu-Sul do curso de Medicina – em andamento;
8. Apoio a adesão dos Cursos da Unidade de Cachoeira do Sul ao processo do Sistema de Seleção Unificada (SiSU);
9. Enquadramento dos Cursos no ENADE 2014 e auxilio aos coordenadores no processo de inscrição dos alunos.
10. Realização do Seminário ENADE/UFSM 2014.
10 Cadastro no Sistema e-Mec dos Cursos de Especialização Lato-Sensu conforme Resolução CNE Nº 2, de 2 de fevereiro de 2014 e Instrução Normativa nº 1, de 16 maio de 2014 – Em Andamento;
11 Atualização dos Endereços de Polos da UAB no Sistema e-Mec - Em Andamento
12 Avaliações in loco de Reconhecimento e Renovação de Reconhecimento dos Cursos:

  •  Letras Espanhol EAD – Quaraí – Conceito 4;
  •  Estatística – Conceito 4;
  •  Engenharia Ambiental e Sanitária – Sede – Conceito 4;
  •  Educação Especial EAD – Foz do Iguaçú – Conceito 4;
  •  Ciências Biológicas – Sede – Conceito 3;
  •  Ciências Econômicas – Palmeira das Missões – Conceito 5;
  •  Administração Pública EAD – Agudo – Conceito 4;
  •  Administração Pública EAD – São Lourenço – Conceito 3;
  •  Sistemas para Internet – Frederico Westphalen – Conceito 4;
  •  Artes Visuais – Bacharelado em Desenho e Plástica – Conceito 3;
  •  Sistemas de Informação – Conceito 5;
  •  Letras Inglês noturno – Conceito 4;
  •  Letras Espanhol Noturno – Conceito 4;
  •  Música e Tecnologia – Conceito 4;
  •  Terapia Ocupacional – Conceito 4;
  •  Agricultura Familiar e Sustentabilidade – EAD - Conceito 4;
  •  Serviço Social – Conceito 5;
  •  Educação Especial – Noturno - Aguardando Agendamento da Avaliação in loco.

Seminários Regionais 2013

  

  • Avaliação Institucional: Uma Análise dos Resultados em uma Unidade Descentralizada da UFSM
 
  • Programa de Avaliação Institucional na Universidade Federal de Santa Maria CPA – Funcionamento e Descentralização do Processo
   
  • A Autoavaliação Institucional como Fonte de Informações ao Plano de Desenvolvimento Institucional: uma Aplicação da Análise de Conteúdo
   
  • Utilização da Teoria da Resposta ao Item na Análise dos Dados da Autoavaliação Institucional da Universidade Federal de Santa Maria: Vantagens e Oportunidades
   

 

ufsm link_capes.jpg links_capes_periodicos.jpg links_finep.jpg links_fapergs.jpg siconv