INTRODUÇÃO

Página Inicial

  • O fantástico crescimento da Química Orgânica postula que o seres vivos são oriundos das mesmas substâncias portanto não emergem da força vital. Surge a questão por que não recriamos a vida em laboratório?

Uma colocação interessante (Budimir Zdravkovic-Bioquímico) é que ”no laboratório temos um balão com um lote de moléculas colidindo randomicamente e um catalisador (poucos). Nos sistemas biológicos uma célula tem centenas de catalisadores alocados em compartimentos que permitem interações químicas seletivas, estes catalisadores operam em proporções e ciclos específicos”.

Frente a este complexo sistema a atual metodologia sintética é uma rota primitivamente simples. Importante não é gerar a vida em laboratório, mas entende-la. Quanto temos que evoluir? Este site é uma contribuição para o entendimento da QUÍMICA ORGÂNICA e o quanto podemos contribuir nesta caminhada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

a linguagem da natureza