Portal do Governo Brasileiro

Embaixadas e Consulados Brasileiros no Exterior

Acesse a lista completa de Embaixadas e Consulados Brasileiros no Exterior aqui. Essa lista é importante para os alunos intercambistas que estão ou vão viajar para o exterior. É importante informar ao consulado ou à embaixada correspondente, pois dessa maneira o governo Brasileiro sabe da localização do aluno e também tem seu contato.

 

Confecção do visto de estudante: no caso de a universidade/país de destino solicitar o visto de estudante, o aluno deverá se dirigir ao consulado ou vice-consulado do país de destino que está localizado, geralmente, em Porto Alegre, mas pode ser que o aluno tenha que se dirigir a outra cidade, como São Paulo, Rio de Janeiro, etc. Para confecção do visto, quando aplicável, é necessário ter em mãos a carta de aceite emitida pela universidade estrangeira, após a realização da candidatura online. Além da carta, os consulados exigem outros documentos, cuja lista completa deve ser consultada diretamente no site de cada departamento público do governo (consulado) do país em questão.

 

Confecção do passaporte: o passaporte deve ser solicitado no site da Polícia Federal. Veja o passo a passo no link a seguir: 

http://www.pf.gov.br/servicos-pf/passaporte/requerer-passaporte

 

Proficiência em língua estrangeira: quando o aluno decide realizar um intercâmbio, deve pesquisar com antecedência qual teste de proficiência em língua estrangeira é exigido na universidade de destino como, por exemplo, TOEFL IBT e TOEFL ITP, no caso de países falantes de língua inglesa, ou outro tipo de teste, no caso de países que falam outras línguas como alemão, italiano, francês, espanhol, entre outras. Ao ter conhecimento sobre esse teste, o aluno já deve se preparar para realizá-lo e, no período da inscrição para o intercâmbio na SAI, já ter em mãos essa comprovação. 

 

Plano de estudos da universidade estrangeira: geralmente, ao chegar na universidade de destino o aluno formulará um novo plano de estudos com o coordenador do curso daquela instituição. Nesse novo plano serão exigidas novas assinaturas, incluindo a do aluno e a do coordenador do curso na UFSM, que será chamado de coordenador acadêmico. O chamado coordenador institucional é o representante do reitor da UFSM no exterior, ou seja, o Assessor do Reitor para Assuntos Internacionais, que gerencia a Secretaria de Apoio Internacional (SAI). Ele somente assinará o novo plano de estudos, depois que o aluno e o coordenador acadêmico o assinarem.

 

 

Mais dicas serão postadas em breve.