O TESLLE tem por objetivo aferir a habilidade de leitura em língua estrangeira e sua realização é de competência do Departamento de Letras Estrangeiras Modernas (DLEM) do Centro de Artes e Letras, conforme define a Resolução 003/10 da UFSM.

   O público alvo do TESLLE são alunos de pós-graduação, para os quais o teste é obrigatório, alunos de graduação que sejam prováveis formandos (no último semestre do curso) e servidores da UFSM (docentes e técnicos administrativos em educação). O regimento interno de Pós-Graduação Stricto Senso e Lato Senso da UFSM, no seu regime didático (art. 27) determina que “os alunos de pós graduação em nível de Mestrado e Doutorado deverão comprovar suficiência em, no mínimo, uma língua estrangeira, para cada nível.” Os estudantes que não comprovarem suficiência em língua estrangeira não poderão apresentar sua dissertação ou tese e assim, não poderão concluir seu curso de pós graduação.

   Atualmente, o TESLLE é ofertado para as seguintes línguas estrangeiras: inglês, espanhol, alemão, francês e português como língua estrangeira. Os testes são aplicados uma vez a cada semestre no campus da UFSM e no de Frederico Westphalen.  As inscrições podem ser realizadas pelo portal do aluno, portal do professor ou portal RH. Os editais do teste de suficiência são publicados no início de cada semestre letivo no site de notícias da UFSM.